(47) 3631 3300
Menu

O que causa insônia? 6 fatores que impedem você de dormir bem

Insônia

A insônia é um distúrbio muito comum que se caracteriza pela dificuldade em começar a dormir ou se manter nesse estado por um longo período de tempo. Ela não é definida necessariamente por quanto tempo você efetivamente dormiu, mas pelas consequências que ela gera ao seu corpo – afinal, cada um precisa de um tempo diferente para se recuperar. Estima-se que pelo menos 40% da população brasileira já sofreu deste mal em algum momento no último ano.

A curto prazo, a privação de sono é responsável pelo aparecimento de olheiras e de um cansaço persistente ao longo do dia. Se repetitiva, ela pode fazer com que a capacidade de criar, raciocinar e se concentrar sejam fortemente comprometidas. Além disso, a insônia pode causar lentidão, mudanças de humor e até se desenvolver para doenças mais sérias como depressão, hipertensão e obesidade.

Hoje, especialistas classificam a insônia em três grandes grupos: aguda, intermitente ou crônica. A primeira é quando a crise dura de uma noite até algumas semanas. Já quando essa crise se repete de tempos em tempos, ela começa a ser considerada intermitente. Mas se ela tem a duração de mais de um mês ou acontece com uma frequência muito grande é chamada de crônica.

O que causa a insônia?

Vários fatores estão associados ao surgimento da insônia. Mas normalmente para se tornar um quadro intermitente ou crônico existe uma junção de características que favorecem isso.

Algumas das condições que facilitam a insônia são:

– Ser do sexo feminino. Especialmente em épocas de fortes alterações hormonais (como gestação, menopausa e TPM) a insônia se torna mais comum.

– Fibromialgia e outras dores crônicas. A fibromialgia se caracteriza por fortes pontos de dor em algumas partes do corpo. Com isso, o paciente começa a ter dificuldade de dormir. Outras doenças que causam dor crônica também podem causar insônia porque dificultam o ato de cair no sono.

– Estresse e ansiedade. Quando uma pessoa não consegue se desligar das tarefas do dia a dia ou de preocupações, ela pode favorecer o aparecimento de um quadro de insônia. Esse fator é tão comum que já é considerado uma das principais causas do distúrbio.

– Tabagismo. A nicotina presente nos cigarros é considerada estimulante, o que dificulta que a pessoa consiga pegar no sono logo após deitar.

– Uso de produtos estimulantes à noite. O consumo exagerado de produtos à base de cola, mate ou cafeína logo antes de dormir comprometem o sono. O mesmo acontece quando se ingere álcool, nicotina ou grandes quantidades de açúcar.

– Apneia, síndrome das pernas inquietas. Vários distúrbios de sono têm em seus sintomas o surgimento também de quadros de insônia.

O que pode combater a insônia?

Quando a insônia é crônica ou intermitente é fundamental que se procure um médico para que seja feito um diagnóstico preciso das causas da insônia e, assim, poder tratá-la corretamente.

No entanto, se ela se apresenta apenas de vez em quando é possível usar de alguns truques caseiros e naturais para diminuir as suas consequências. A grande maioria delas está ligada a mudanças no seu estilo de vida. Por exemplo:

– Crie uma rotina para dormir. Ter uma rotina estabelecida para dormir é essencial para organizar o seu relógio biológico. Dessa maneira, quando vai chegando uma determinada hora seu corpo vai desacelerando gradativamente.

– Diminua o consumo de produtos estimulantes. Cafés, chás, chocolates, energéticos, álcool, cigarros e alimentos gordurosos devem ser evitados perto da hora de dormir.

– Faça atividades físicas regulares. Estudos já mostram que praticar atividades físicas regularmente diminui o estresse e a ansiedade. Entretanto, os exercícios não devem ser feitos à noite para que a liberação de endorfina não aja como estimulante.

– Se não conseguir dormir, levante-se. Ficar rolando de um lado para o outro da cama só aumenta a ansiedade, dificultando ainda mais conseguir pegar no sono. Levante-se, tome um copo de leite morno, assista a um programa calmo na televisão, leia um livro. E volte para a cama só quando o sono aparecer novamente.

– Não faça cochilos à tarde. Depois de uma noite de insônia pode ser quase irresistível tirar um cochilo durante a tarde. Mas ceder a isso só aumentará o problema na próxima noite, até que se torne uma bola de neve. Controle a vontade e espere até o horário normal para dormir.

Imagens

Voltar
X
< >
Carregando...